O JOVEM EXEMPLO DE MARIA

  • dia 5 de maio de 2020

O JOVEM EXEMPLO DE MARIA

Talvez você já tenha escutado a frase: “O jovem é capaz de tudo para Deus.” E, de fato se olharmos a vida de muitos santos veremos que seus maiores atos heróicos de virtude aconteceram durante a juventude. Como não citar São Francisco de Assis, Santa Bernadete de Lourdes, Santa Teresinha do Menino Jesus ou ser mais atual, com os exemplos de Guido Schaffer e Carlos Acutis?! Mas, não podemos nos esquecer do exemplo de uma jovem de dois mil anos atrás… Maria!

Ela quem foi capaz de cometer uma das maiores radicalidades por amor a Deus da história. Disse sim para o plano divino que poderia lhe trazer  diversas consequências, gerar o filho de Deus.

Especula-se que, ao ser visitada pelo anjo Gabriel, Maria tinha entre de 14 e 15 anos. Tão jovem… E foi isto o que facilitou sua prontidão ao dizer: ” Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. ” Lc 1,38.  Ou, até mesmo, quando necessitou fugir para o Egito para proteger seu filho.  A juventude é um tempo marcado por atitudes radicais. Somos impulsionados a amar, e a amar intensamente quando nos deparamos com algo que valha a pena. Maria não pensou que já estava com seu casamento marcado com José, ou mesmo que poderiam chama-la de adúltera, não se perguntou de onde tiraria recursos para criar esta criança que iria chegar. Apenas amou e disse sim!

Outra característica de Maria era sua alegria. Poucas vezes nos lembramos, mas Maria também era uma feliz alma que cantava louvores a Deus. Como vemos em seu belíssimo cântico em Lc 1,46, o Magnificat. Maria era jovem, entregue a Deus e feliz! Ela utilizava todo o vigor de sua juventude para o serviço do Senhor, como vemos quando foi visitar sua prima Isabel.

 O mais empolgante nesta história é que todos carregamos dentro de nós a capacidade disto! Maria foi também exemplo de juventude que entrega tudo para o Senhor: sonhos, projetos, vocação, vontades…

Ela entendeu que quando se dá algo para Deus nada perdemos, apenas recebemos! Neste Mês Mariano precisamos refletir como filhos da Imaculada, sobre este exemplo de mãe que possuímos. Maria soube mais do que ninguém ser uma jovem de Cristo. Ela descobriu a receita. E é bem simples, basta entregar sua vida ao Senhor e deixar que Ele guie todo resto.

Que pela intercessão da Jovem Mãe de Nazaré possamos ter, também, um coração generoso que saiba dar tudo para Deus! Vamos, como Maria, nos valer desta capacidade que Deus dotou a juventude! Que possamos amar a Deus, não com migalhas, mas, com uma fartura de coração, que não mede esforços para agradar ao Senhor!

Por: Bruna Maria Braga da Silva 

PRÓXIMO EVENTO
PUBLICIDADE